Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Escola Berço de Belém, 17 de agosto de 2019

80 ANOS DE PRESENÇA NO BRASIL

Escola Berço de Belém

80 ANOS DE PRESENÇA NO BRASIL – UMA FESTA DE LOUVOR E GRATIDÃO

 

A Congregação das Irmãs do Preciosíssimo Sangue está em festa: são 80 anos de presença no Brasil!

 

FAZENDO MEMÓRIA: UM POUCO DA HISTÓRIA...

   

     No Ano de 1938 muitos missionários em atividade no Brasil, voltavam à Europa e faziam campanhas para conquistar novos missionários para a região brasileira. Foi assim que Dom Eliseu Coroli, missionário barnabita, fez o convite e a Congregação, respondendo positivamente, enviou as cinco primeiras missionárias preciosinas: Irmã Lúcia Colnago, Irmã Celina Casati, Irmã Vitória Benaglia, Irmã Adelaide Borroni e Irmã Maria Viganó.

    Deixar a Itália e se instalar na pequena cidade de Bragança expressava um gesto característico de quem optou pela renúncia, pelo sacrifício, pela entrega total a Deus. Tudo era diferente: a língua, a alimentação, os costumes e o clima. No entanto, no coração de cada uma estava presente a profunda confiança em um Deus que chama por amor e, também por amor de predileção, acompanha aqueles que Ele envia.

 

Irmã Lúcia Colnago foi a primeira responsável pela comunidade preciosina no Brasil e, mais tarde, dedicou-se ao acompanhamento das primeiras jovens brasileiras na formação para a vida religiosa preciosina (como é conhecida cada irmã desta congregação), cumprindo por vários anos a missão de madre mestra.

 

Irmã Celina Casati e Irmã Vitória Benaglia, enfrentaram corajosamente os primeiros anos de presença missionária no Brasil com zelo e dedicação ardente. Por motivo de doença, após alguns anos de destemida dedicação, retornaram saudosas, à terra natal.

 

 Irmã Adelaide Borroni, num constante itinerário de dedicação, amor e oferta, entregando-se a Deus de modo pleno, terminou seus dias em solo brasileiro...

 

Irmã Maria Viganó, chegou ainda juniorista (religiosa de votos temporários) e jamais mediu esforços e atenção, numa presteza generosa e sempre atenta. Por muitos anos foi Madre Regional da missão brasileira e aqui dedicou todos os seus dias como religiosa preciosina até o último dia de sua vida.

 

   Após essas primeiras missionárias, muitas outras irmãs italianas responderam ao apelo missionário e atravessaram o oceano. Algumas já estão a velar por nós, junto à Fundadora no céu: ir. Clementina Colnago, ir. Ermínia Casatti, ir. Goretti, Ir. Enrica Stuchi, Ir. Bernardina...   Outras, ainda hoje, mesmo havendo retornado à pátria italiana, permanecem saudosas da querida terra verde e amarela: ir. Josephina Colombo, Ir. Carlla Giussani, ir. Lúcia Isella e Ir. Anna Dell’Oro.

 

    Aqui no Berço de Belém já moraram irmã Bernardina, irmã Enrica Stuchi, irmã Luisa Arrigoni e irmã Lúcia Isella. Essa última dedicou-se principalmente às crianças da Creche mantida pela Associação Berço de Belém (hoje são 100 crianças, particularmente filhas de empregadas domésticas). Com grande carinho e zelo, irmã Lúcia Isella, dia após dia, penteava, passava o talco e preparava os belos vestidos para as meninas. Quantos não recordam hoje o bercinho em que repousavam após o almoço, o famoso mingau diariamente distribuído e aquele almoço, tão gostoso preparado para as crianças!

 

      Temos ainda a alegria de poder contar a presença amiga e com a dedicação missionária de ir. Luisa Arrigoni e ir. Anna Maria Proserpio. São irmãs italianas que partilham conosco as lutas e alegrias, os sonhos e esperanças junto ao povo amado de Deus.

 

    Todas essas irmãs merecem hoje uma memória toda particular, repleta de gratidão pela imensa coragem e testemunho. Ao longo de sua permanência entre nós, conseguiram infundir nas novas vocações o Carisma e a Espiritualidade do Sangue de Cristo. Uma novidade não somente transmitida com palavras, mas, sobretudo, com uma oferta cotidiana que reforçaram e confirmaram a mensagem transmitida.

 

   Hoje, a Comunidade do Berço de Belém é constituída pelas seguintes religiosas preciosinas: IRMÃ ANTÔNIA JÚLIA DE SOUSA, IRMÃ PAULINA DA COSTA MORAIS, IRMÃ ANTÔNIA DE SOUZA AGUIAR, IRMÃ MARIA DO LIVRAMENTO COSTA MELO, IRMÃ MARIA DOMINGAS DE MOURA, IRMÃ MARIA CÉLIA GUEDES DA SILVA, IRMÃ ALESSANDRA DOS SANTOS PEREIRA, IRMÃ MÔNICA DO SOCORRO DA SILVA FERREIRA, IRMÃ RENATA MORAIS DE SOUSA, IRMÃ MARIA CÍCERA DO NASCIMENTO, IRMÃ ROSILETE PEREIRA DA CRUZ. São religiosas que, diariamente, desenvolvem as atividades da Creche e da Escola com grande dedicação, passando em meio às crianças, adolescentes, funcionários e dos familiares dos alunos, sempre como uma presença que revela a dedicação a Deus e ao próximo.

 

       E o Sangue de Cristo continuou a conquistar novos corações e tornar-se mais conhecido e amado. Muitas outras cidades puderam testemunhar a difusão e o crescimento da Congregação. A primeira jovem brasileira a entrar na Congregação: Antônia Almeida de Moura e uma sequência de jovens brasileiras vieram se irmanar às irmãs italianas e o Brasil fez-se generoso em vocações preciosinas.

   

      E agora, celebrando os 80 anos de presença em terras brasileiras, todos são convidados a louvar a Deus conosco. Quantos cresceram nos espaços de nossos grupos, nossas creches e escolas espalhadas pelo Pará, Maranhão, Ceará, Brasília... hoje, já idosos, adultos, jovens a espalhar pelo Brasil inteiro as belas mensagens de vida e de redenção realizada pelo Sangue precioso de Cristo. Aliás, quem desses, já há alguns anos distante de nossas escolas, não sente aquecer o coração ao ouvir a invocação: SANGUE DE CRISTO, SALVAI-NOS! É hora de deixar transbordar a alegria: FAZEMOS PARTE DESTA HISTÓRIA!!!

     

 

HOJE REZAMOS...

   

- Para que Deus recompense com a plenitude dos santos, o bispo D. Eliseu Coroli que, com grande amor e esperança favoreceu a presença de nossa Congregação em terras brasileiras.

 

- Pelas almas de nossas primeiras irmãs missionárias que entregaram a Deus suas vidas pelo povo brasileiro e, particularmente aos paraenses, e que o seu belo exemplo continue a fazer frutificar novas vocações.

 

- Pela alma de nossas primeiras Madres Regionais: Me. Lúcia Colnago e Me. Maria Viganó e da primeira Madre Regional brasileira, irmã Zarife Sales, que derramaram suor e sangue para regar o chão de nossa missão até os dias atuais, a fim de que gozem as alegrias de quem soube ouvir e praticar a Palavra de Deus.

 

- Pelas almas de nossas irmãs italianas e brasileiras que doaram suas vidas em prol do crescimento de nossa missão, para que continuem intercedendo, com a Fundadora, pelo crescimento e santidade de nossa família preciosina.

 

- Por irmã Luisa Arrigoni e irmã Anna Maria Proserpio que continuam respondendo ao chamado missionário em nossas terras e por toda dedicação prestada aos mais desfavorecidos, a fim de que sejam fortalecidas em sua caminhada de amor e de entrega.

 

- Por cada irmã que se empenha em responder aos apelos de nossa Igreja vivendo com alegria a missão que lhe é confiada, que a força redentora do Sangue de Cristo anime seus passos na realização do Projeto de Deus.

 

- Pelo Governo geral e regional que se empenham na concretização e na resposta aos apelos de Deus na missão brasileira, a fim de que estejam sempre atentas ao direcionamento do Espírito de Deus.

 

- Pelas jovens que se sentem atraídas para a vida religiosa preciosina, que encontrem forças para responder com alegria e convicção ao chamado de Deus.

 

- Por todos os nossos benfeitores, amigos, colaboradores, que contribuíram e continuam a contribuir para que a história desta Congregação continue no serviço generoso aos menos favorecidos.

 

- Por todos os leigos que colaboram conosco na missão evangelizadora, para que, alimentados pela espiritualidade do Sangue de Cristo, vivam o feliz anúncio do mistério pascal em suas vidas.

     

QUE DEUS ABENÇOE A TODOS!!!

 
   
Produtora de Sites