Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Escola Berço de Belém, 17 de agosto de 2019

Na Historia

O Berço na historia de Belém

A iniciativa de um Frade Jesuíta, na cidade de Belém, mobilizou políticos, entidades, associações e o povo de modo geral, para a construção desta, que foi a maior obra de assistência social da época. O nome deste bem-feitor era Pe. José Torres S. J. e a sua obra: o Berço de Belém.


A Entidade foi fundada no dia 01 de Julho de 1950 e, na época dedicava-se à oferta de enxovais aos recém nascidos de mães indigentes e no mesmo ano, no natal, foram distribuídas roupas, leite, farinha e brinquedos a mais de 250 criancinhas. Neste mesmo ano no dia 20 de Novembro de 1950 a instituição foi registrada como Berço dos Pobres e um ano depois veio a adquirir o nome que hoje carrega: "Berço de Belém".


Em 20 de Dezembro de 1953 foi inaugurada oficialmente a Creche com suas primeiras 10 crianças, tendo como objetivo cuidar dos filhos das mães domésticas e operárias, atualmente esse número é de 100 crianças atendidas. Foi também neste ano de 1953 que as Irmãs da Congregação do Preciosíssimo Sangue assumiram a direção da Associação.


No dia 26 de Junho de 1956 durante as comemorações da semana do 6º aniversário da instituição foram iniciadas as construções da Capela do Menino Jesus, fonte inspiração para a construção da obra de Pe. Torres. Exatamente um ano depois, durante as comemorações do 7º Aniversário da instituição foi rezada primeira missa na recém construída Capela.


Outra data marcante foi a criação da Escola Berço de Belém, em 1961, tendo sido nomeada como diretora a Ir. Arminda, pertencente à congregação do Preciosíssimo sangue de Jesus. A intenção inicial de Pe. Torres foi a de fazer um hospital infantil, mas, em conversas com o seu irmão médico que então residia no Rio de Janeiro, concluiu que tal iniciativa seria inviável. No dia 12 de março de 1961 foram inauguradas as cinco primeiras salas da escola primária, com 175 carteiras doadas pelo Lions Clube.


Em 06 de Outubro de 1969 falece, em Recife, Pe. Torres, idealizador e fundador do Berço de Belém. Instituição que recebeu por três vezes o título de Utilidade Pública pela Prefeitura de Belém. No entanto, apesar de sua morte, Pe. Torres vive nos corações das pessoas que com ele conviveram e nas crianças que ajudou a livrar do triste destino do abandono e da miséria. Sua obra será sempre lembrada por aqueles a quem amou e foi amado. Exemplo de responsabilidade social e de amor cristão.

 
   
Produtora de Sites